Please reload

Please reload

FORTALEZA SAUDÁVEL | CORA: COZINHA COM RESPONSABILIDADE AMBIENTAL

Continuando a minha saga por locais com comida SSS (saborosa, saudável e sustentável), descobri o CORA, que me fez, inclusive, acrescentar o último s aqui. Sim, pois, até conhecer o espaço comandado pelos amigos de infância Léo e Daniel, eu ainda não era muito familiarizada com o termo Alimentação Sustentável. Então, enquanto esperávamos os sandes - como carinhosamente eles apelidam os sanduíches - chegarem a mesa, aproveitei para saber um pouco mais sobre o conceito. 

 

 

"Como sustentabilidade é um termo muito amplo, resolvemos basear nossos processos em três palavras, que funcionam como pilares: econômico, social e ambiental". E o melhor de tudo é que pude ouvir dos próprios donos, que nos receberam sem cerimônia (fiquei tão à vontade, que sentei até na mureta da  casa onde o restaurante se instala, numa pacata rua residencial próxima ao centro). A arquitetura com traços históricos preservados, aliás, é uma atração à parte, assim como as diversas lições de sustentabilidade (coleta seletiva, reutilização de produtos, cardápio digital, sem falar na própria cozinha, que privilegia produtos homemade). 

 

 

Durante esse bate papo, descobri que as referência à Inglaterra, como o desenho do "yellow submarine" e uma receita que lembra falafel, vêm do Léo, que morou/trabalhou um período por lá. A iguaria, apresentada a ele pelo chef do restaurante em que trabalhou, em Bristol, ganhou uma interpretação nordestina e inusitada com o sanduíche Veggie, que incorpora um toque de feijão ao grão de bico e harmoniza ainda os sabores do gorgonzola e do vinagrete de maçã verde. Ele foi um dos preferidos da Juliana, que se ateve apenas ao menu vegetariano e gostou especialmente do veggie por conta dessa conexão com Londres. 

 

 

 

 - tá, eu sei que ele vem do Oriente médio, não sei ao certo se da Turquia ou do Egito, mas é porque lá você encontra em qualquer buraco: em restaurantes, feiras, barraquinhas no meio da rua. Na verdade, acho que falafel é a cara de uma cidade cosmopolita, mas, falo que ele lembra Londres porque foi lá que eu provei. Foi no Borough Market, um mercado cheio de barraquinhas com todos os tipos de comida do mundo. Um programa incrível, cheio de comidas, azeites, queijos, temperos... só de lembrar, fico com água na boca. Enfim, comida faz isso com a gente. Nos faz viajar no tempo e no espaço e nos provoca sensações. Tenho que dizer que o Cora me deixou a melhor delas.

 

Posso assinar embaixo, Ju?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ARQUIVO
POSTS RECENTES
TAGS
Please reload

  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
Blog de hábitos saudáveis