Please reload

Please reload

COMO LER UM RÓTULO

Comece sempre pelos ingredientes! Saiba que os ingredientes que aparecem primeiro são os de maior quantidade.

Eu costumo evitar alimentos que contenham nos ingredientes siglas ou palavras que não conheço o significado. Em resumo, eu gosto de comprar produtos que usam os mesmos ingredientes que eu costumo ter em casa. E quanto menos ingredientes melhor!

Depois de ler os ingredientes, procure por símbolos ou alertas de alérgicos. O primeiro símbolo que procuro é o selo de orgânico. Um produto orgânico é um produto em que não foi utilizado agrotóxicos, sementes transgênicas ou fertilizantes químicos. Para mim, é o aspecto mais importante de um produto. O selo do Brasil, é diferente do da Europa e do dos EUA. Fique atento!

 


Depois, caso eu esteja comprando milho ou soja, eu procuro o símbolo dos transgênicos, pois eles são os alimentos mais comuns em termos de sementes geneticamente modificadas. Existem diversos estudo sobre as consequências do uso de transgênicos. O uso dessas sementes são permitidas no Brasil, restritas na Europa e proibidas no Japão. Com esse cenário, eu prefiro evitar alimentos transgênicos. A legislação brasileira obriga as empresas que utilizam sementes transgênicas a informar o fato em seu rótulo, com um símbolo de um T em um triângulo amarelo. Procure por ele!

Como não sou alérgica a nenhum alimento, geralmente ignoro o alerta de conteúdo nas embalagens. Mas quando você ler em um rótulo a frase "esse produtos PODE conter traços de..." significa que ele apenas foi processado ou manipulado em um lugar que também se manipula produtos com os ingredientes descritos. Caso possua algum ingrediente alérgico em sua composição, ele irá, obrigatoriamente, destacar em uma frase afirmativa. Quer ver uma coisa engraçada? Pega uma embalagem de ovo! Parece piada, mas a legislação dos alérgicos obriga as indústrias destacarem na embalagem de ovos, que eles contêm ovos.

Agora vamos à tabela nutricional? Prepara pra fazer conta!

Logo em cima da tabela você verá quantas gramas possui uma porção. E pra saber quantas porções a embalagem tem, você divide o peso do produto pelo peso da porção. A legislação também obriga às indústrias colocarem a referência à medida caseira dessa porção, sempre dentro de parênteses após a gramatura. Por exemplo, os valores são referentes a uma porção de 240ml (1 xícara).

Os percentuais que aparecem nessa tabela são comparativos de quantidade de nutrientes da porção sobre um padrão de valores diários de uma dieta referência de 2.000 cal. Para seu conhecimento, meu metabolismo gira em torno de 1.400 cal. Então, essa média não serve pra todo mundo.

De tudo que aparece ali, eu fico atenta ao % de sódio. Pra facilitar minha vida, evito qualquer coisa que possua mais que 20% do sódio indicado consumir por dia. Por que 20%? Como eu faço cinco refeições ao dia, eu dividi 100% (um dia completo) por 5. O resultado deu 20%.

Quando o produto não possui muitas calorias, vou logo ler os ingredientes. Hoje prefiro consumir algumas calorias a mais e adicionar açúcar do que comer um produto com poucas calorias mais muito artificial.

Gordura trans: fuja disso.

Fibras: se o produto possui um alto teor de fibras, fique feliz. As fibras ajudam no funcionamento do nosso intestino. Um intestino funcionando bem é essencial na absorção de nutrientes.

Bom, acho que é isso. Se você ainda tiver qualquer dúvida sobre o assunto, entra em contato, que vou fazer de tudo para ajudar a esclarecer. Espero colaborar para que você tenha consciência dos alimentos que está ingerindo e, assim, poder fazer escolhas cada vez mais saudáveis/equilibradas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ARQUIVO
POSTS RECENTES
TAGS
Please reload

  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
Blog de hábitos saudáveis