Please reload

Please reload

OI, HORTO!

A convite do Tiago Olinda, farmacêutico à frente da Farmácia Fitos (que eu já contei um pouquinho a respeito lá no stories), fui conhecer o Horto de Plantas Medicinais Prof. Dr. Francisco José de Abreu Matos, localizado no Campus do Pici da Universidade Federal do Ceará. A sugestão de pauta veio junto com uma série de informações até então desconhecidas para mim. A primeira delas: 21/05 foi decretado pelo Estado como o Dia da Planta Medicinal, data escolhida em homenagem ao nascimento daquele que emprestou seu nome ao local e, até hoje - mesmo após sua morte, em 2008 -, segue inspirando diversas pessoas na UFC, e muitas mais fora dela. 

 

 

Antes de circular por entre as ricas plantações , que me trouxeram uma lembrança dos tempos de moleca, passeando pela Ceasa (Centrais de Abastecimento do Ceará), batemos um papo super informativo sobre o Programa Farmácia Viva e, assim, também pude conhecer um pouco da história do Dr. Matos, idealizador desse lindo projeto. "Impossível pensar no nome Abreu Matos e não associá-lo às plantas medicinais. Seu legado é base para a continuidade da própria existência de vários setores da UFC.", contou Tiago, como um pupilo orgulhoso. Farmacêutico por vocação, professor por profissão, graduado famacêutico-químico pela Faculdade de Farmácia do Ceará em 1945, Doutor em Farmacognosia (USP, 1960) livre-docente, professor emérito... Muitos são os títulos acadêmicos e honrarias que revelam apenas um pouco dessa brilhante trajetória.

 

Também descobri que, mesmo aposentado, o Dr. Matos fez questão de permanecer na Universidade dentro do Laboratório de Produtos Naturais (LPN), fundado por ele juntamente com os professores J.W de Alencar, M.I L. Machado, A. A. Craveiro. A ele devemos também a criação, em 1983, do Horto de Plantas Medicinais e do Projeto Farmácia Viva, um Programa de Apoio Social Farmacêutico que promove a utilização correta, baseado em dados científicos, de plantas medicinais e de seus produtos para utilização terapêutica, tornando-o um trabalho essencial de saúde pública. Muito além das observações científicas, Tiago e Kellen Miranda Sá - farmacêutica do horto, que também nos recebeu - destacaram o alcance social dessa iniciativa, cuja proposta foi copiada por instituições, cidades, estados como forma de permitir melhor acesso a uma saúde dentro de parâmetros os mais avançados e humanísticos, uma vez as Farmácias Vivas permitem o resgate de tradições etno-farmacológicas da nossa população. 

 

 Bom, não vou me prolongar mais para não dar spoiler do conteúdo que, em breve, também vai estar no canal do Youtube e em outro post, com dicas de preparações caseiras. 

 

 

SAIBA MAIS SOBRE O HORTO

www.farmaciaviva-ufc.blogspot.com.br/

 

Obs: Toda sexta, de 8H ÀS 12h, tem feira da Planta Medicinal no Horto, que fica no Bloco 941 do Pici. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ARQUIVO
POSTS RECENTES
TAGS
Please reload

  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
Blog de hábitos saudáveis