Please reload

Please reload

COMO MONTAR UMA HORTA CASEIRA

Cidades cosmopolitas nem sempre são cinza. Inclusive, fico em feliz saber que, no meio de tanto concreto e corre-corre, existe uma preocupação cada vez mais crescente em construir espaços saudáveis e ecologicamente conscientes. Um bom exemplo é o High Line Park, espécie de jardim suspenso construído em 2009, numa via férrea de Nova Iorque. Além da rica vegetação, a estação desativada - perfeita para ser percorrida de ponta a ponta - reúne ainda diversas instalações artísticas, motivo pelo qual é considerada pelos turistas e locais um verdadeiro museu à céu aberto. Pelo menos foi assim que eu e a Soul nos sentimos quando estivemos por lá, entre arranha-céus, plantas e obras de arte.  

 

Bom, mas voltemos ao foco. Chegamos até aqui por conta de outra descoberta que me encheu de alegria: a possibilidade de criar uma horta caseira, graças aos Mercadinhos São Luiz, que, agora, comercializam mudas. Além de vibrar com a ideia de comer tomate, pimenta, manjericão, alecrim e outras delícias colhidas diretamente do pé, a hortinha ainda contribui para humanizar a decoração e, o mais importante: para restaurar as raízes da sociedade urbana. 

 

 

Comprei as mudas e, sem saber como lidar com elas, corri para pedir socorro no Instagram. Eis que o Leonardo Nascimento me aparece. Proprietário da Horta Azul, empresa pela qual realiza projetos e consultorias na área, ele foi pessoalmente a minha casa, ensinar as melhores formas de criar e realizar a manutenção de uma horta urbana. O passo a passo está no canal, mas as minhas principais dúvidas - junto com algumas enviadas por seguidores - estão esclarecidas/resumidas aqui, em 10 dicas. Confira! 

 

 

1. Escolha o local onde será feito a sua horta;

 

2. Escolha o formato da sua horta (vertical, na cozinha, estrutura de madeira, em vasos, em latas, na parede, na sacada);

 

3. Tenha ferramentas dedicadas exclusivamente a sua horta, nada de usar os talheres da cozinha, pessoal;

 

4. Faça o mix (terra vegetal, composto orgânico, húmus de minhoca e vermiculita) adequado dos matérias orgânicos e mudas para o plantio em sua horta;

 

5. Iluminação: sua horta sempre deve receber no mínimo de 4 horas de luz solar diariamente no período da manhã ou da tarde. Sempre escolher um local bem iluminado e arejado. Dica: Escolha um local proxímo à janela, na varanda ou área que recebe luz solar;

 

6. Irrigação: faz toda a diferença para a sua horta uma irrigação adequada, com isso, deve-se irrigar sempre sua hortinha sem deixar escorrer água embaixo., pois água em excesso causa a lixiviação do solo (leva nutrientes embora). Dica: regar diariamente e siga a dica do palito de churrasco;

 

7. Preparação do solo: é fundamental para o desenvolvimento de suas plantas, deve ser rico em nutrientes e matéria orgânica para você obter hortaliças de qualidade. O solo sempre deve ser adubado ao receber um novo vegetal. Dica: 1/4 matéria orgânica, 1/4 húmus de minhoca, 1/4 um mineral chamado de vermiculita e 1/4 terra vegetal;

 

8. Adubação: hortaliças são exigentes em nutrição (alimentação das plantinhas), se faz adubações complementares a cada 15 dias. Dica: quanto mais adubos orgânicos forem utilizados, melhor para a qualidade da sua horta;

 

9. Colheita: vantagem da sua horta urbana, a planta não precisa estar no seu desenvolvimento máximo para a colheita. Dica: retirar frutos e folhas próximos ao solo para consumo;

 

10. Controle de pragas: pequenas hortas urbanas também estão sujeitas a pragas. Dica: retirada manualmente, utilização de sabão neutro, óleo de algodão ou soja extrato de pimenta, alho ou coentro;

 

 Veja o vídeo!

 

 

HORTA AZUL

Leonardo Nascimento - Engenheiro Agrônomo

85 99797 4410 / 85 98883 8861

hortaazul@gmail.com

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ARQUIVO
POSTS RECENTES
TAGS
Please reload

  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
Blog de hábitos saudáveis